modo offline

Discussão em 'Ponto de encontro' iniciado por armelin1, 21 Março 2019.

  1. armelin1
    Offline

    armelin1 Aquele que deletou seu tópico Equipe GameMods Moderador do Fórum Veterano VIP Sabotador.com VIP Sabotador.com VIP Industrial

    Afiliado:
    5 Maio 2014
    Mensagens:
    1,860
    Sexo:
    Masculino
    Avaliações:
    +640 / -0
    Apelido no Minecraft:
    armelin1
    Um modo offline (do grego πειρατής, peiratés, derivado de πειράω, "tentar, assaltar", pelo latim e italiano modo offline) é um marginal que, de forma autônoma ou organizado em grupos, cruza os mares só com o fito de promover saques e pilhagem a navios e a cidades para obter riquezas e poder.[1] O estereótipo mais conhecido do modo offline se refere aos Piratas do Caribe, cuja época áurea, conhecida como Época Dourada da Pirataria, ocorreu principalmente entre os séculos XVI e XVIII.
     
    • Triste Triste x 2
    • Concordo Concordo x 1
    • Top Top x 1
    • Informativo Informativo x 1
  2. Animadoria
    Offline

    Animadoria Membro Conhecido VIP Sabotador.com

    Afiliado:
    17 Agosto 2014
    Mensagens:
    734
    Avaliações:
    +577 / -1
    Apelido no Minecraft:
    Animadoria
    O código de conduta dos modo offline s é um código de conduta seguido pelos bucaneiros, modo offline s da região do Caribe, que disciplinavam o comportamento a bordo dos navios, a divisão dos tesouros e saques e a compensação para os feridos. As regras variavam de acordo com o navio, com a viagem e com o capitão mas todos os membros deveriam cumprir juramento e assinar os artigos do código. O primeiro código modo offline foi proposto pelo modo offline português Bartolomeu Português. Um dos códigos mais conhecidos é o de Morgan e Bartholomew que foi editado em 1720.[1][2]
     
  3. Cael
    Offline

    Cael Moderador Sênior do Fórum Equipe GameMods Moderador do Fórum Veterano VIP Sabotador.com

    Afiliado:
    8 Setembro 2014
    Mensagens:
    1,253
    Avaliações:
    +1,765 / -4
    Apelido no Minecraft:
    Cael
    Mais uma vez provando que Tom Scott estava certo
     

Compartilhe esta Página