zenity: 2º parte

Discussão em 'Dicas e tutoriais' iniciado por kodo no kami, 30 Julho 2016.

  1. kodo no kami
    Offline

    kodo no kami Membro Conhecido

    Afiliado:
    16 Dezembro 2015
    Mensagens:
    229
    Sexo:
    Masculino
    Avaliações:
    +303 / -0
    e ae galera continuando o tutorial anterior do zenity nesse vamos aprender entrar com os dados do usuario e manipular por alguns comandos do linux, para começar a gente vai aprender usar o argumento entry que é uma janela onde é possivel digitar um texto

    Código (Forge Crash):
    zenity --entry
    [​IMG]

    podemos mudar o texto com o argumento --text

    Código (Forge Crash):
    zenity --entry --text "digite seu nome"
    [​IMG]

    como tambem podemos usar os argumentos que aprendemos no tutorial anterior como --title para mudar o titulo, --width e height para mudar altura e largura, --ok-label e --cancel-label para mudar o texto dos botões

    Código (Forge Crash):
    zenity --entry --text "digite seu nome" --title "by kodo no kami" --width 280 --height 50 --ok-label "sim" --cancel-label "nao"
    [​IMG]

    para a gente armazenar essa entrada em uma variavel basta digitar o nome da variavel seguido de um igual seguido do comando entre aspas invertida ( ` )

    Código (Forge Crash):
    kodo=`zenity --entry --text "digite seu nome"`
    outra forma seria cifrão e o comando entre parenteses $()

    Código (Forge Crash):
    kodo=$(zenity --entry --text "digite seu nome")
    depois a gente pode ler ou manipular a variavel por exemplo exibir em outro comando zenity

    Código (Forge Crash):
    kodo=`zenity --entry --text "digite seu nome"`
    zenity --info --text "seu nome é $kodo"
    [​IMG]

    podemos ja iniciar o entry com um texto com o argumento --entry-text

    Código (Forge Crash):
    zenity --entry --entry-text "kami"
    [​IMG]

    é possivel deixar os caracteres como asterisco colocando o argumento --hide-text

    Código (Forge Crash):
    zenity --entry --text "digite sua senha" --hide-text
    [​IMG]

    outra forma é usado o argumento --password no lugar do --entry

    Código (Forge Crash):
    zenity --password
    [​IMG]

    a gente pode usar o argumento --username em conjunto com o --password que alem de pedir a senha vai aparecer uma entry para o username

    Código (Forge Crash):
    zenity --password --username
    [​IMG]

    se a gente armazenar em uma variavel sera armazenado no formato "usuario|senha", podemos usar o cut para separar eles (bulbasaur use o cut '-' )

    Código (Forge Crash):
    kodo=$(zenity --password --username)
    usuario=$(echo $kodo | cut -d "|" -f 1)
    senha=$(echo $kodo | cut -d "|" -f 2)
    echo "usuario foi $usuario e a senha foi $senha"
     
    [​IMG]

    claro que seria mais simples criar scripts ao inves de digitar os comandos

    Código (Forge Crash):
    sh kodo.sh
    Código (Forge Crash):
    #!/bin/sh
    kodo=$(zenity --password --username)
    usuario=$(echo $kodo | cut -d "|" -f 1)
    senha=$(echo $kodo | cut -d "|" -f 2)
    echo "usuario foi $usuario e a senha foi $senha"
     
    [​IMG]

    bom galera com zenity tem outros comandos que vamos ver no proximo tutorial ^^

    by kodo no kami
     

Compartilhe esta Página